Evandro Junior

Deputado Estadual do Paraná

 

Notícias

Paraná venceu

02/02/2018 | Categoria: Política


O Paraná venceu a crise. Foi com esta frase que o Governo do Estado abriu a solenidade de entrega da cota extra de ICMS para os 399 municípios esta semana, no Palácio Iguaçu, em Curitiba. No total, foram distribuídos R$ 122 milhões a mais de recursos para todas as regiões paranaenses, incluindo Maringá, que destinará a sua cota (R$ 2,8 milhões, ou 2,3% do total) para o recapeamento do Contorno Sul.

A cota extra do ICMS é um repasse que acontece graças ao programa Paraná Competitivo, um dos melhores programas de incentivos para atração de investimentos do mundo, de acordo com o Financial Times. Com este mecanismo, desde 2013 o Governo já devolveu às prefeituras paranaenses R$ 861 milhões.

Vale lembrar que se trata de um acréscimo. O repasse líquido do ICMS é garantido por lei em todos os Estados brasileiros, e garante verbas aos municípios anualmente. Maringá mesmo já havia recebido, no início deste ano, R$ 16 milhões de repasse. A Lei Complementar 87/1996 (Lei Kandir) dispõe sobre o imposto dos Estados e do Distrito Federal sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual e intermunicipal e de comunicação.

Nem só de ICMS, porém, sobrevive um Estado. O Paraná é exemplo de políticas bem sucedidas envolvendo arrecadação e repasse de verbas aos seus vários municípios, mas também pode, hoje, ser considerado um Estado que preferiu adotar políticas até impopulares, mas em prol de toda a população e do pleno funcionamento do Governo.

Cito dois exemplos mais recentes que comprovam isso: diferentemente de outros Estados brasileiros (como Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte), o Governo não atrasa salário e inclusive adiantou pagamentos em dezembro de 2017; o outro exemplo é a situação fiscal do Paraná, considerada a segunda melhor do Brasil e que permite ao Governo adotar medidas de gestão importantes e que resultam em investimentos e melhorias constantes para os paranaenses.

Se hoje o Governo pode estampar uma imensa faixa dizendo que o Paraná venceu a crise e que há mais dinheiro para os municípios, isso é fruto de medidas adotadas no passado e que também envolveu os deputados estaduais. Quando da aprovação do ajuste fiscal na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), eu e tantos outros deputados fomos convencidos de que aquela medida do Governo do Estado seria crucial para vencermos de verdade a crise.

O Projeto de Lei 370/2017, aprovado na Alep em setembro do ano passado, mexeu em questões envolvendo o funcionalismo público. Justamente por isso, foi criticado por alguns setores da sociedade. No entanto, a proposta previa um bem maior, um bem para todos os paranaenses, e isso graças a uma economia de R$ 100 milhões prevista a partir deste ano.

O resultado pode ser visto no dia a dia, no repasse de recursos aos municípios, nas obras de melhorias em todo o Estado e na geração de empregos que nunca deixou de ocorrer por aqui. Realmente, vencemos a crise. E temos plenas condições de melhorar ainda mais o nosso Paraná, com políticas sérias envolvendo o Governo, deputados, prefeitos e vereadores, sempre combatendo a corrupção e trabalhando firme para que também as próximas gerações continuem podendo morar em um dos melhores Estados do País.

Voltar



PROCURAR

FACEBOOK


MARINGÁ
Escritório Regional
Rua Santos Dummont, 378
Zona 3, CEP 870050-100

44 3025-4566
CURITIBA
Assembleia Legislativa
Praça Nossa Senhora de Salete, s/n
CEP 80530-911

41 3350-4071 | 41 3350-4231
ACOMPANHE PELAS REDES SOCIAIS
TOPO